sexta-feira, 9 de maio de 2008

Nada se cria, tudo se copia...

Pensar tá foda. Mas eu sei que saber selecionar também tem se mérito. Então, aí vai...

"E a Sandy que gravou uma música eletrônica chamada SCANDAL? Sim, é isso mesmo, alguém gravou uma música eletrônica em pleno 2008 e sim, esse alguém é a Sandy e sim, o nome da música é Scandal.Ela é vocalista convidada de uma das faixas de Humanized, álbum de estréia do Crossover Live. Scandal foi escrita pela própria Sandy em parceria com o namorado Lucas Lima prq ôpa, escândalo é com esse casal mesmo!O álbum do Crossover Live sai no começo de junho. Nos créditos, Sandy aparecerá como "Miss S". Pra ouvir o novo hit de Sandy, desculpa, de Miss Ass, clica aqui!"

Daqui.

"SOPA DE LETRINHAS
Adoro nomes e sobrenomes artísticos. Fico a imaginar nossos atores e atrizes escolhendo, com a ajuda de um numerólogo, a alcunha que irão atender na profissão, se a partir dela o sucesso virá a jato ou se junto a ela o público irá assimilar imediatamente o nome a pessoa. Desconfio que apenas uma mísera parcela da crasse artística utiliza sua razão social de batismo para trabalhar. Não acredito, por exemplo, que Monique Alfradique possa, de fato, ter sido registrada assim. Aliás, descobri a existência de Alfradique neste fim de semana, ao ler nos sites especializados que sua festa de 22 anos “bombou” de artistas & amigos no Rio de Janeiro. Havia seis imagens na galeria de fotos, o que mostra que realmente seu aniversário foi um arraso. Mas voltando ao assunto: adoraria saber como funciona a logística do ritual de batismo das celebridades. Quem lhes conferem os nomes artísticos? Será que os ‘senhores dos nomes’ são seres gordos e poderosos (imaginem o Wolf Maia) que passam o dia numa sala do Projac, toda prateada com inserções, glup, artísticas de Hans Doner, pesquisando sites, livros, oráculos e bulas de remédio atrás de nomes para os próximos globais? Quem será que inventou o termo Malvino Salvador? E Pitty Webbo? Será que foi o mesmo que criou Marcélia Cartaxo? Eu sei lá, achava que em terra de Zora Ionara quem tinha um Selton já era rei. Mas ao saber da existência de Monique Alfradique tudo mudou."

Daqui.

3 comentários:

clarismello disse...

ídolos

Anônimo disse...

Olá!
Só para esclarecer uma coisa...o sobrenome da Monique é realmente Alfradique!!Você pode verificar pelo nome dos parentes dela, inclusive.Eu conheço parte da família. Acho importante que vc comece a pesquisar,se informar melhor acerca das informações que disponibiliza nesse site. Isso é uma questão de responsabilidade social tb!Não mentir e não espalhar boatos é uma questão ética!Parece bobagem, mas começa com certas colocações e depois vc se torna especialista em difamar os outros. Talvez vc precise começar a falar de vc mesma, das suas frustrações consigo mesma..depois vc pode até pensar em destilar veneno, ok??Informe-se!!! Alfradique é um sobrenome francês, daí aquela beleza suave e maravilhosa que vc jamais terá!!Enqto vc perde seu tempo falando dos outros, eles progridem, enriquecem e são felizes..bem diferente de vc!!

clarismello disse...

:O

Chamaram o Hérmes de feia.
Ou o anônimo não entendeu que você copiou do blog do Hérmes!
Ou seja: andrelima, te chamaram de feia.

Processa!